Rota do Ouro

31/03/2011









Hoje, a convite da "mana" (a minha melhor amiga que foi praticamente criada comigo e por isso carinhosamente lhe chamo "mana do coração") fui visitar a Oficina e o Museu do Ouro em Sobradelo da Goma e Travassos respectivamente, duas freguesias do concelho da Póvoa de Lanhoso.

Na Oficina (as 3 primeiras fotos) tivemos direito a uma visita guiada pelas várias fases de criação de uma peça em filigrana, desde a fundição de uma placa de prata, passado pelo processo que leva a criação de um fio de prata até chegarem às hábeis mãos da senhora que estava a dar forma a vários corações de filigrana, passando depois pela lavagem das peças até chegarem à loja da Oficina onde de todas as maravilhosas peças que vimos se destacaram, um anel de uma linha mais contemporânea da filigrana e este colar.

Da Oficina seguimos para o Museu, agradável pelo seu interesse histórico e onde vimos algumas peças antigas de ouro, antigas ferramentas de trabalho e um pouco de história. Na sua loja tinha um objecto que me chamou particularmente a atenção: uma bancada de joalheiro em miniatura em madeira e prata.

Ao gosto pela filigrana que eu já tinha, juntei hoje o conhecimento (um pouco pelo menos) do seu processo de criação que fez ainda mais crescer a minha admiração por este tipo de joalharia. 

Sem comentários:

Enviar um comentário