Tricot - primeiros passos

18/11/2010


























Há muito que tenho vontade de aprender como se faz. A minha mãe faz tricot quase de olhos fechados, desde sempre me fez casacos, camisolas e outras peças de roupa que eu via em revistas ou imaginava mas nunca me conseguiu ensinar como se fazia. Confesso que as duas agulhas, a linha à volta do pescoço, todas aquelas voltas que se dá ao fio e a rapidez com que a minha mãe faz sempre me fizeram alguma confusão.
Ontem, e por pedido da minha amiga Lara que também se quis aventurar na aprendizagem, fizemos um pequeno workshop de tricot cá em casa ao serão.
Experimentamos tricot à portuguesa (que é a forma como a minha mãe faz) e do qual o resultado foi o pedacinho branco da foto, e experimentamos da outra forma (que não sei o nome, mas que não passa o fio pelo pescoço). Eu gostei mais deste ultimo, e depois da primeira (1º pedaço vermelho) tentativa cheia de erros, a segundo (ultimo pedaço vermelho) já correu melhor e eu até gostei mais. Desta forma o fio já não vai ao pescoço e, talvez pelo habito do croché, domino melhor o fio nas mãos.

Será certamente uma experiência a desenvolver.

Sem comentários:

Enviar um comentário