Aparas

02/12/2009

Por aqui os dias continuam de chuva e frio e enquanto estes continuam à espera de serem finalizados parti para as experiencias..
Quando corto as partes de feltro que dão origem a estas flores sobram sempre imensas aparas, como costumo guardar tudo e mais alguma coisa porque "um dia quem sabe será preciso e dará jeito" fui juntando as aparas num saco, ao olhar para elas achei piada às formas aleatórias que se criavam dentro do saco sempre que colocava lá mais algumas e resolvi transforma-las num alfinete.
.
Estes já estão disponiveis aqui e em breve haverá mais cores (tendo em conta as aparas disponiveis porque afinal nasceram de um aproveitamento de desperdicio e assim continuará).

Sem comentários:

Enviar um comentário